SOBRE

 

João Wainer (São Paulo, SP, 1976), iniciou sua carreira fotográfica aos 16 anos como estagiário do Jornal da Tarde. Trabalhou por dois anos como assistente do fotógrafo Bob Wolfenson antes de ingressar na equipe de fotógrafos do jornal Folha de S.Paulo, em 1996. Em 2010 assume a direção da TV Folha, departamento de vídeo do jornal Folha de S.Paulo e dirige programa de mesmo nome na TV Cultura. Em 2013 vence o Prêmio Esso na categoria Telejornalismo pela cobertura dos protestos de junho de 2013. Dirigiu os documentarios “JUNHO – O mês que abalou o Brasil” e “PIXO” sobre o fenomêno da pixação em São Paulo. Possui também uma carreira indepedente, colaborando com diversas publicações como Trip, Marie Claire, Bravo!, Roling Stone e em capas de livros, CDs e DVDs para artistas como Chico Buarque, Rita Lee e Gilberto Gil. Como diretor de fotografia para cinema atuou nos documentários Xpress (2009, MTV internacional / UNICEF) e na série Chico Buarque (2006/2007, TV Bandeirantes / Multishow). Recebeu o Prêmio Folha de Edição em 2008 e 2011. Foi vencedor do Prêmio Don Quixote de La Perifa por dois anos consecutivos (2007/2008, Cooperifa, São Paulo. Em 2003 participou da publicação Aqui Dentro: Páginas de uma Memória – Carandiru (Imprensa Oficial). No ano de 2008 entrou para a coleção Pirelli/MASP de fotografias. Em 2007 publicou seu livro Últimas Praias: Entre Ubatuba e Paraty (Terra Virgem). Realizou as individuais Alfabetização Solidária nos Confins do País, 1999, FIESP, Brasil e Retratos de Campanha, 2002, Espaço Paul Mitchel, São Paulo, Brasil. Entre suas participações em mostras coletivas pode-se destacar: Né Dans La Rue: Grafitti, 2009, Fundação Cartier, Paris, França; Habite-se, 2009, Galeria Olido, São Paulo, Brasil; PHOTOQUAI: Biennale des Images du Monde, 2007, Museu Quay Branly, Paris, França e Marginália, 2006, Reencontre d’Arles, França.

 


 

João Wainer

1976, São Paulo

(1992) Começa na fotografia aos 16 anos como estagiário do Jornal da Tarde.

(1994/95) Foi assistente do fotógrafo de moda, publicidade e retratos Bob Wolfenson.

(1996) Ingressa na equipe de fotógrafos do jornal a Folha de S.Paulo.

(1999) Expõe individualmente o ensaio “Alfabetização Solidária nos Confins do País” na galeria FIESP .

(2001)  Vence o Premio Folha de reportagem o Premio Folha de Edição em (2008 e 2011).

(2002) Expõe “Retratos de Campanha” ensaio que registrou a histórica campanha de Lula a Presidência da Republica.

(2003) Publica o livro “Aqui Dentro: Páginas de uma Memória – Carandiru” pela editora Imprensa Oficial orientado pela fotógrafa Maureen Bisilliat.

(2005/2006) Vence a Bolsa FNAC para jovens fotógrafos e expõe na França o trabalho “Marginália” nas galerias das lojas FNAC do país. O vídeo “Marginália” é exibido no Festival Reencontre d’Arles, na França .

(2006/2007) Foi diretor de fotografia da série de 12 documentários “Chico Buarque”, lançado em DVD e exibido pela TV Bandeirantes e Multishow.

(2007) Expõe na “PHOTOQUAI: Biennale des Images du Monde” no museu Quay Branly em Paris.

(2007) Publica o livro “Ultimas Praias: Entre Ubatuba e Paraty” pela editora Terra Virgem.

(2007/2008) Vence o “Prêmio Don Quixote de La Perifa” por dois anos consecutivos.

(2008) Passa a integrar a coleção Pirelli/MASP de fotografia.

(2008/2009) Expõe na coletiva “Laberinto de Miradas” em Barcelona, Cidade do Mexico, Buenos Aires e Lima.

(2009) Dirige o longa metragem PIXO, lançado na exposição “Né Dans La Rue: Grafitti” na Fundação Cartier em Paris. No mesmo ano o filme recebe menção honrosa na 35a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

(2009) Dirige a fotografia dos documentários “XPress”, para a MTV internacional, em parceria com a UNICEF, exibido em 43 países.

(1996 – 2010) Entre 1996 e 2010 fez capas de livros, CDs e DVDs para vários artistas, entre eles: Chico Buarque, Rita Lee, Jair Rodrigues, Dona Ivone Lara, Gilberto Gil, Bebel Gilberto, Mart’nalia. Mallu Magalhães, 509-E, Ferrez, Racionais MC’s, Banda de Pífanos de Caruaru, Rappin Hood, Otto, Max de Castro, Simoninha e muitos outros e publicou em revistas como Trip, Rolling Stone, Marie Claire, Poder, Serafina, Bravo!, FFW MAG, Gloss e S/N entre outras. Fez também videoclipes para artistas como Rappin Hood, MV Bill, Luisa Maita, Trilha Sonora do Gueto, Raimundos, Kaleidoscópio e Leptospirose.

(2011) Começa a desenvolver o projeto da TV Folha, no jornal Folha de S.Paulo.

(2011 – 20012 – 2013) Prêmio Folha

(2012 – 2014) Dirige o programa dominical “TV Folha na Cultura” na TV Cultura.

(2013) Vence o Premio Esso de Jornalismo na categoria Telejornalismo com a cobertura dos protestos de junho de 2013.

(2014) Lança nos cinemas em 12 cidades o longa metragem “ Junho – O Mês que Abalou o Brasil” .

(2014) Dirige os filmes publicitários da campanha “O Que a Folha Pensa”.

(2015) Deixa o comando da TV Folha e passa a ser repórter especial do jornal.

 

 

 

 

 

Advertisements